A 33ª da Ultra maratona Cerapio 2020 aconteceu entre os dias 27 a 31 de janeiro, percorrendo os estados do Ceará ao Piaui. A equipe Corinthians Audax dominou os pódios da competição, se mantendo na liderança nos quatro dias de prova, e eu, Fernando Vilela, tive a oportunidade de correr essa ultra maratona na companhia deles.

A estreante na Elite Feminina, Karen Olímpio, participou da competição pela primeira vez e foi a grande campeã da categoria Elite Feminina. Já na Elite Masculina, José Gabriel atingiu o Bicampeonato do Cerapio após sua ultima vitória em 2017. Daniel Zóia, que também competia na elite chegou a liderar a primeira etapa da prova no dia 28, mas por problemas mecânicos no segundo dia, foi desqualificado.

Ainda na competição, o paratleta Bruno Paim correu ao lado do atleta Mateus Miunarski e conquistaram o quarto lugar da Dupla Mista.

Ultra maratona Cerapio 2020 – Primeiro dia

Primeiro dia da ultra maratona Cerapio 2020. Dia de muitos problemas, mas no final de tudo certo.

Logo no começo de prova, sofri uma pequena queda, e alguns metros depois, um pneu furado.

Eram muitos atletas com pneu furado naquele local, alguns chegaram a abandonar a prova por problemas ao colocar a camara de ar, que acabava furando. Um problema tipico de quem usa tubeless e precisa colocar uma camara.

Resolvi usar o GUP, uma espuma que infla o pneu e enche ao mesmo tempo, mas como eu tinha um pequeno rasgo, próximo ao aro, o GUP não segurava em pressão mais alta.

As vezes que enchi, o pneu marcava aproximadamente 12 PSI, encarei longos quilômetros com o pneu desta forma, até conseguir trocar no ZAT 2, a segunda Zona de Apoio Técnico, quase 60 km apos o furo.

Ultra maratona Cerapio 2020 – Segundo dia

A Ultra maratona Cerapio 2020 continua, com uma etapa dura, de muita subida e muito calor. Hora de recuperar o tempo perdido!

Certamente uma das etapas mais técnicas do Rally. Em meio às montanhas de Pedro II, o significado para a palavra “Mountain Bike” surge logo nos primeiros trechos da prova.

Uma sequência de estradinhas e trilhas variadas levam de volta a Pedro II, em uma sequência de subidas técnicas e desafiadoras.

Um etapa que certamente ficará na memória, como uma das etapas mais duras que quentes que já enfrentei.

Após a quebra no primeiro dia, tentar recuperar o tempo perdido erá inevitável. Mesmo correndo na turismo, sem marcar o tempo, correr entre os primeiros colocados era um objetivo que tinha em mente.

Consegui me posicionar bem na prova. Nos trechos mais duros, onde técnica e força eram exigidos, o calor foi um fator extra para mim, procurava sombras e vento onde não havia, e empurrar a bike na tentativa de amenizar o sofrimento foi por muitas vezes a melhor opção.

Assim foi a segunda etapa do Cerapio 2020, e aqui a prova começou para mim!

Ultra maratona Cerapio 2020 – Terceiro dia

Largamos para esse terceiro dia do Cerapio 2020, com 46º C de temperatura. Uma etapa de muita força, lama, e uma queda, mas saldo positivo!

Mais uma vez bem posicionado e feliz com o resultado obtido. O terceiro dia do Rally Cerapio 2020 foi bastante quente. Devido a grande quantidade de chuva que caiu durante a noite, a etapa foi adiada, e largamos um pouco após as 10 horas da manhã.

Apesar de quente, o ritmo intenso e os verdadeiros mergulhos nas poças de lama, refrescaram o corpo.

Dia de tentar me posicionar o mais a frente possível, e tentar me manter no grupo perseguidor.

Foram vários contratempos, entre eles uma queda. Descemos rápido, abrindo fuga, mas o posicionamento logo atras de um atleta, me fez reagir de forma errada.

Acabei espalhando na curva e comprando aquele terreno, no meio do mato.

Consegui recuperar as posições perdidas, e no final, me estabilizei com um grupo de atletas muito bacanas. resultado positivo, graças a Deus, inteiro, e pronto para o quarto dia de Cerapio 2020. Vamos fechar com chave de Ouro!

Ultra maratona Cerapio 2020 – Quarto dia

Último dia da Ultra maratona Cerapio 2020. Mais uma etapa plana para não colocar defeito, na cola da tropa de elite do mountain Bike nacional!

A última etapa do Rally cerapio 2020 foi praticamente plana. A largada se deu em uma subida, em uma parte de asfalto, e logo o pelotão principal se formou e se destacou.

Fiquei no pelotão perseguidor com o Brou Bruto, que fez muita força, e com um revezamento maluco, conseguimos alcançar o pelotão principal.

Alguns atletas profissionais já haviam escapado, e após o ZAT (Zona de apoio técnico), nosso pelotão também se desfez.

Seguimos como parte dos atletas perseguidores, e em companhia da dupla Bruno Paim e Mateus, da atleta elite feminino, Karen Olímpio, e mais um atleta que havia se separado de sua dupla, seguimos em ritmo forte até o final da última etapa do Cerapio 2020, fechando com chave de ouro.

EMPRESAS PARCEIRAS CAFE NA TRILHA 2020

Audax Bike: http://bit.ly/bikeaudax

INSCREVA-SE no Café na Trilha – http://bit.ly/0-SaibaMais

No Banner to display

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: